Hospitais de Sorocaba suspendem cirurgias devido à greve dos caminhoneiros

Com a paralisação dos caminhoneiros, os hospitais de Sorocaba adotaram a medida de suspender as cirurgias eletivas, procedimentos agendados com antecedência, sem urgência, que podem aguardar a situação voltar ao normal. Essa medida foi confirmada pela Santa Casa, Hospital Santa Lucinda e Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS).

Na Santa Casa, após a suspensão de recebimento de novos pacientes por falta de oxigênio, no sábado, o atendimento se normalizou na tarde de domingo, com a chegada do produto. Ali há estoque de materiais e alimentos até a quinta-feira (31).

O CHS prioriza o atendimento a pacientes graves e urgentes. O Hospital Evangélico informou que “encontra-se com abastecimento de suprimentos” e “atento, caso a situação perdure”. Os hospitais Unimed, Samaritano e Modelo não se posicionaram a partir do questionamento da reportagem.

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo convoca doadores de sangue para que compareçam aos hemonúcleos, o que ajudará a garantir os atendimentos de urgência e emergência em todo Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *